Compromissos

A BRF entende o bem-estar como parte dos princípios éticos que envolvem a criação animal possibilitando a melhoria do ambiente de trabalho, a relação humano-animal e consequentemente a produtividade.

COM METAS PÚBLICAS, O BEM-ESTAR ANIMAL FAZ PARTE DOS NOSSOS PRINCÍPIOS ÉTICOS

A BRF entende o bem-estar dos animais como uma das estratégias para o desenvolvimento sustentável da empresa, sendo um dos princípios éticos que envolvem a produção e que possibilita a melhoria do ambiente de trabalho, a relação humano-animal e, consequentemente, a produtividade.

Para que essa causa seja um princípio de toda empresa, engajamos diversas áreas da companhia, desde as envolvidas diretamente com a produção até sua liderança corporativa. O programa de bem-estar animal conta como sponsor a vice-presidência de Integridade Corporativa e com um grupo diversificado de especialistas. Confira:

A BRF, ainda, tem o compromisso rigoroso de tolerância zero contra maltrato aos animais, sendo este por abuso ou negligência, e de evitar mutilações rotineiras, se empenhando em eliminar na medida do possível essas práticas. Também possui normas corporativas internas que guiam as boas práticas desde as granjas até o abate humanitário, passando por planos de emergências e de transporte.

Acompanhe nossas atuais metas públicas:

METAS

  • Cerdos

    IMPLEMENTAÇÃO DE BAIAS DE GESTAÇÃO COLETIVA DE SUÍNOS EM 100% DA PRODUÇÃO ATÉ 2026

    Na baia coletiva, a fêmea interage e tem mais condições de expressar seu comportamento natural. A redução do confinamento também evita estresse, além de problemas sanitários e fisiológicos causados pela pouca movimentação.

    AJUSTE DA DENSIDADE DAS GRANJAS DE TERMINAÇÃO DE SUÍNOS
    Temos como meta a adequação da densidade das granjas de terminação de suínos para padrões mais elevados de bem-estar animal até o final de 2026. Apesar de não exportarmos nem produzirmos para o mercado europeu, temos utilizado como referência e voluntariamente os padrões legislativos da União Europeia.

    SUBSTITUIÇÃO DE MOSSA NO PROCESSO DE IDENTIFICAÇÃO E RASTREABILIDADE DE SUÍNOS
    Até metade de 2018, a BRF substituirá o procedimento de mossa na identificação e rastreabilidade de suínos pelo sistema de tatuagem que é menos invasivo para o animal. Saiba mais em Nossas Práticas.

  • Aves

    DEBICAGEM COM SISTEMA INFRAVERMELHO EM MATRIZES DE AVES DE CORTE

    Debicagem é o processo de corte parcial do bico das aves para prevenir injúrias nos animais. O sistema infravermelho é o mais eficaz e permite maior precisão no corte de 1/3 do bico superior, reduzindo-se assim riscos para o sofrimento do animal, substituindo o sistema tradicional de corte e cauterização.

    Plano de ação:

    1. Implantação do infravermelho em 100% da produção de perus até final de 2016 e início do projeto em matrizes de frango de corte: alcançamos a meta que havíamos definido para o ano de 2016, substituindo o sistema tradicional de corte e cauterização.

    2. Implantação do infravermelho em 100% na produção de matrizes de frangos de corte no início de 2017: alcançamos a meta que havíamos definido em 2016 para o ano de 2017.

    AQUISIÇÃO DE OVOS CAGE FREE PARA O PROCESSO INDUSTRIAL

    A BRF assumiu o compromisso de, até 2025, não comprar mais ovos de fornecedores que criam galinhas em gaiolas. Esses ovos são utilizados na produção de industrializados.

Downloads

  • COMPROMISSOS DE BEM-ESTAR ANIMAL BRF

    Estamos compartilhando com o mercado, clientes e consumidores o compromisso da BRF com o tema.

    CONHEÇA
Imagem mobile: 
Abrir em nova janela?: